Gestão Estratégica de Talentos

download report

Transcript Gestão Estratégica de Talentos

Gestão Estratégica de Talentos
Março 2012
Agenda
A Vale
Gestão Estratégica de Talentos
VALER Educação Vale
1
Presença da Vale no Mundo
4
Presença da Vale no Mundo
79
7.439
331
112
94
6
15
146
11
3
5
1.379
944
1.545
Key:
3
529
1.343
85
3
35
258
98
10
24
1.140
517
Footprint in 2000
Footprint in 2005
Footprint in 2010
6
912
3748
37
1.573
1.543
Vale employees
(2010)
Vale employees
(2015)
68.040
Source: Vale 2000, 2005 and 2009 20-F Reports; DIDH; BCG analysis
5
A Função Recursos Humanos na Vale
 Define os padrões globais
de RH de acordo com
melhores práticas e
estratégias da Vale
 Foco: Inovação
 Executa processos
transacionais de RH
 Foco: Ganhos de
Escala e Escopo
 Executa processos de
RH regionalmente
 Foco: Relacionamento
com o Negócio
6
Agenda
A Vale
Gestão Estratégica de Talentos
VALER Educação Vale
7
O que é Gestão de Talentos para
a Vale?
A Gestão de Talentos baseia-se nos pilares estratégicos da
área de Recursos Humanos da Vale
Para cada unidade de negócio, garantia das pessoas certas, com as
qualificações certas, disponíveis no momento e lugar certos.
9
A estratégia de Gestão de Talentos deve se adequar à cada unidade
de negócio, contemplando ações integradas de cada processo
Customização da Estratégia de Gestão de Talentos por Unidade de Negócio
10
Gestão de Talentos é mais do que focar nos empregados
com alto desempenho e potencial
Matriz de Carreira & Sucessão da Vale
Potencial
Alto potencial
No potencial
Talento
potencial
Talento
Talento
excepcional
Desempenho
inconsistente
Desempenho
com potencial
Alto desempenho
com potencial
Baixo
desempenho
Sólido
desempenho
Alto desempenho
Baixo
Alto
Desempenho
Fonte: Matriz Vale de Carreira & Sucessão (2010)
11
Gestão de Talentos é garantir os recursos certos, com as
qualificações certas, disponíveis na hora e lugar certos
Plano detalhado e preciso de
necessidade de talentos, incluindo
número de indivíduos, tempo e
qualificações ( supply & Demand)
Estratégia de
negócios e metas de
gestão de pessoas
Talentos engajados e
comprometidos com as estratégias
e metas da Vale, com líderes que
são modelo dos valores da
empresa
1
Planejar
2
Proposição de Valor ao
Empregado da Vale para
assegurar atração e
recrutamento de talentos críticos
Atrair e
recrutar
5
Saída Engajar e
afiliar
3
Planos de desenvolvimento claramente
ligados as avaliações individuais
Desenvolvimento de sucessores para
Posições críticas
Visibilidade sobre carreira e requisitos para
promoção
Desenvolver
e
4
promover
Identificar
e avaliar
Identificação de talentos ao longo
da organização, recebendo
avaliação justa e construtiva e
feedback contínuo
Gestão de talentos requer cuidar com os empregados em
todo seu ciclo dentro da organização
Fonte: Experiência BCG
12
No final de 2010, como parte do RH Corporativo, foi criada a
Diretoria de Educação & Gestão de Talentos – DITD
DITD
Carreira &
Sucessão
Recrutamento
Educação
Employer
Branding e
Engajamento
13
O organograma foi redesenhado para suportar a visão da
cadeia de valor e de seus processos
DESENHO ORGANIZACIONAL
Gestão de
Talentos
Gestão da
Informação e
Projetos
Valer –
Educação
Vale
People
Sourcing &
Engagement
ARQUITETURA
DE PROCESSOS
GERIR
TREINAMENTO E
DESENVOLVIMENTO
GERIR A ENTRADA E
RETENÇÃO
DO EMPREGADO
a.
b.
c.
d.
e.
Employer branding
People Sourcing
(normativo)
Employee Welcome e
ambientação
Engagement
Programas de fomento
Carreira e
Sucessão
a.
b.
c.
Levantamento de
necessidades de
T&D
Modelagem de
programas e
ações
educacionais
Assessments
regionais
GERIR CARREIRA E
SUCESSÃO
a.
b.
c.
d.
e.
f.
Comitês de carreira
Fóruns de sucessão
Gestão do pipeline de
liderança
Coaching and mentoring
Execução de
movimentações e
Sourcing de executivos
(executivo)
Outplacement
14
O Modelo de Gestão foi implementado como diferencial
competitivo em RH
Diretrizes Superiores
 Identidade Organizacional
 Cadeia de Valor
 Descrição do Negócio
 Análise SWOT
 Mapa Estratégico
Alinhamento Estratégico
a
 Políticas
 Ações
a
 Objetivos
a
Desdobramento de Diretrizes
a
a
Metas Anuais
Melhorias
Inovações
Gerenciamento de
Melhorias
Gerenciamento de
Inovações
Gerenciamento da Rotina
Acompanhamento e controle das
atividades de rotina no dia a dia
Gerenciamento de Projetos
 Metas associadas a Indicadores
Estratégicos
 Metas associadas ao
desdobramento dos Indicadores
Estratégicos em indicadores
processuais (visibilidade de
processos e árvore de indicadores)
 Metas relacionadas a Projetos de
Melhoria e Inovação
 Gerenciamento dos processos e de
seus indicadores (mapa de processos
e árvore de indicadores)
Acompanhamento e controle das  Melhoria contínua e padronização
(PDCA e SDCA)
atividades de projetos no dia a dia
Resultados
 Gerenciamento dos projetos (escopo,
cronograma, 3Ps, gestão de issues e
riscos, gestão de alocações)
15
Para cada nível do Framework do Modelo de Gestão foram
implantados os seus respectivos produtos
Alinhamento Estratégico
Identidade
Organizacional
Desdobramento de Diretrizes
Cadeia de
Valor
Metas
Descrição do
Negócio
HR Way DITD
Gerenciamento da Rotina e de
Projetos
Dashboard DITD
PMO DITD
16
Para a gestão da rotina, foi implantado o dashboard de
indicadores
Exemplos:
Acompanhamento do
Orçamento
Dashboard de Gestão
Acompanhamento
de Metas
20
O trabalho de criação e implementação do Escritório de Projetos (PMO)
consistiu de 3 etapas: capacitação, levantamento e implementação
PROGRAMA
PROJETO 1
PROJETO 2
Capacitação
em Gestão de
Projetos
Identificação
dos
Programas,
Projetos e
Iniciativas
PROJETO 1
PROJETO N
Implantação
da Rotina de
PMO (3Ps)
Iniciativa 1 Iniciativa 2 Iniciativa N
PROJETO N
21
Agenda
A Vale
Gestão Estratégica de Talentos
VALER Educação Vale
22
O crescimento
da Vale gera
grandes
desafios
IPEA | 2010
EDUCAÇÃO
também é parte
do nosso
negócio.
Desenvolver
continuamente nossos
empregados
Capacitar
mão-de-obra para
a cadeia produtiva
Contribuir
para a geração
e disseminação
do saber na Vale
Educação para além do trabalho.
Trilhas Gerenciais
Mapas de Desenvolvimento
Trilhas Técnicas
Modelo de Gestão por
Competências
Missão, Visão e Valores Vale
Competências Transversais
Cultura & Arte
Educação interna
Educação externa
Portas de Entrada
Programa de Especialização
para Projetos de Capital
Programa Formação
Profissional
Especialização
Profissional
Graduate
Program
Programa de
Estágio
Vale
A maior porta de entrada para cargos operacionais
PFP