Claudia Regina Bronner Foltran

download report

Transcript Claudia Regina Bronner Foltran

SISTEMA ESTADUAL DE ATENDIMENTO SÓCIO-EDUCATIVO

A Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social por meio de sua Coordenação de Medidas Sócio-Educativas é responsável pela implementação do Sistema Sócio Educativo no Estado do Paraná em acordo com as diretrizes técnicas e operacionais estabelecidas em nível estadual e nacional.

É também responsável pela execução das medidas sócio-educativas restritivas de liberdade, sendo elas a semiliberdade e a internação.

De acordo com o IBGE (Censo 2010), o Estado do Paraná possui 1.128.162 habitantes na faixa etária entre 12 e 18 anos. Entre 18 e 21 anos são mais 852.714 habitantes

De acordo com a Central de Vagas da Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, existem neste momento 988 adolescentes em cumprimento de medidas restritivas de liberdade, o que equivale a 0,05% da população entre 12 e 21 anos.

Centros de Sócio-Educação - Censes

O Estado do Paraná possui 18 Centros Sócio Educação, localizados nos municípios de Campo Mourão, Cascavel, Curitiba, Fazenda Rio Grande, Foz do Iguaçu, Laranjeiras do Sul, Londrina, Maringá, Paranavaí, Pato Branco, Ponta Grossa, Santo Antônio da Platina, Piraquara, Toledo, Umuarama.

Casas de Semiliberdade

Também possui 06 Casa de Semiliberdade, localizadas nos municípios de Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Ponta Grossa, Londrina .

COBERTURA DA REDE SOCIOEDUCATIVA Umuarama Paranavaí Maringá Londrina Sto. Antônio da Platina

Semi-liberdade Existente Semi liberdade Previsão Internação Provisória Internação Existente Internação Previsão Unidade Mista Existente Unidade Mista Previsão

Campo Mourão Toledo Cascavel Foz do Iguaçu Laranjeiras do Sul Ponta Grossa Fazenda Rio Grande Piraquara São José dos Pinhais CURITIBA Pato Branco

Novas Unidades

Cense Piraquara - 2012 Cense São José dos Pinhais – 2012 Casa de Semiliberdade Paranavaí – 2012 Casa de Semiliberdade Umuarama – 2012 Casa de Semiliberdade Toledo – 2012 Cense Cambé – 2013 Cense Toledo II - 2013

Obras

A Secretaria de Estado da Família e Desenvolvimento Social, visando a melhoria do atendimento aos adolescentes em restrição e privação de liberdade está viabilizando processos de reformas, ampliações e construções no sistema socioeducativo.

Reformas

: Santo Antônio da Platina, Londrina e Foz do Iguaçu

Reparos:

Londrina, Cascavel, Foz do Iguaçu, Campo Mourão, Curitiba, Umuarama e Piraquara

Melhorias

: São Francisco, Ponta Grossa e Londrina

Ampliação

: Paranavaí e Umuarama

Recursos investidos: R$ 3.304.958,69

Investimentos

FIA - Ampliação e aperfeiçoamento da Rede: R$ 15.264.808,00 Recursos Próprios - Gestão do Sistema Sócio Educativo: R$ 25.856.100,00

Perfil do adolescente atendido - 2010

Saúde

A Unidade deve garantir a assistência à saúde integral dos adolescentes, além de proporcionar atividades educativas para promoção da saúde e prevenção de doenças nas áreas de saúde física e mental.

O atendimento deve ser prestado dentro da Unidade, sempre que possível, ou na comunidade, quando necessário o atendimento especializado.

Educação

Desenvolvido em parceria com a Secretaria de Estado da Educação quanto à cessão de servidores para o desenvolvimento da escolarização formal, dentro das próprias unidades.

O Programa de Educação nas Unidades Socioeducativas – PROEDUSE visa a inserção e/ou a reinserção na Educação Básica do adolescentes em cumprimento de medida socioeducativa.

Cultura, Esporte e Lazer

São atividades complementares ao processo formal de escolarização objetivando favorecer o desenvolvimento motor, emocional e social do adolescente, sendo também um instrumento de promoção da auto-estima e criatividade.

Estas atividades são desenvolvidas através dos programas CulturAção e oficinas de artesanato, com acompanhamento de terapeutas ocupacionais.

Profissionalização e Proteção ao Trabalho

O Programa Estadual de Aprendizagem tem a finalidade de garantir a profissionalização e a inclusão social de adolescentes que cumprem medidas sócio educativas ou que tenham sido beneficiados com a remissão.

Consiste na contratação de adolescentes pelo prazo de 01 ano pelos Órgãos Públicos Administração Direta ou Indireta.

Estaduais da

Convivência Familiar E Comunitária

Ao educando deve ser garantido o acesso a serviços sócio-assistenciais e das políticas setoriais, conforme a necessidade, assegurando ainda vivências pautadas pelo respeito a si próprio e aos outros, fundamentadas em princípios éticos de justiça e cidadania.

Liberdade, Respeito e Dignidade

Conforme art. 124, V •Opinião e expressão; •Crença e culto religioso; •Praticar esportes, brincar e divertir-se •Participar da vida política; •Buscar refúgio, auxílio e orientação; •Integridade física, psíquica e moral.

Apoio ao Jovem Educando - Egresso

Tem por objetivo dar apoio e acompanhamento aos adolescentes que cumpriram medidas sócio-educativas de internação e/ou semi-liberdade e receberam remissão de medida.

Escritórios Regionais

O Estado do Paraná conta hoje com 23 escritórios regionais, cuja função é dar suporte técnico aos municípios na estruturação de sua rede sócio assistencial.

São eles: Apucarana, Campo Mourão, Cascavel, Cianorte, Cornélio Procópio, Curitiba, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Guarapuava, Irati, Ivaiporã, Jacarezinho, Laranjeiras do Sul, Londrina, Maringá, Paranaguá, Paranavaí,Pato Branco, Pitanga, Ponta Grossa, Toledo, Umuarama, União da Vitória.

IMPACTO SOCIAL ESPERADO

Que quando do cumprimento da medida o educando possa ter:  Vínculos familiares e comunitários fortalecidos;  Redução da reincidência da pratica do ato infracional;  Redução do ciclo de violência e da prática do ato infracional;

Cláudia Regina Bronner Foltran Assessora Técnica de Garantia de Direitos [email protected]

(041) 3270-1092 (041) 9249-8362