O Poder da Oração

download report

Transcript O Poder da Oração

O Perfil do Cristão
O Poder da Oração
O que é Oração?
Certa vez Moody perguntou a um grupo de crianças o
que era oração. E um garoto lhe respondeu:
”Oração é a apresentação de nossas petições a Deus,
solicitando-lhe coisas que estejam de acordo com sua
vontade, em nome de Cristo, com a confissão de
nossos pecados, agradecendo e reconhecendo suas
misericórdias”.
DEFINIÇÃO - SEGUNDO O DICIONÁRIO:
1) Conjunto de palavras que expressam um
pensamento completo.
2) Elevação da alma a Deus;
3) Invocação dirigida a Deus, Prece.
A ORAÇÃO É UMA NECESSIDADE UNIVERSAL (IS 56:7)
Oh tu, que escutas a oração, a ti virão todos os homens
(Sl 65:2)
A reza é muito chata e o Senhor Jesus nos ensina a não
fazermos como os gentios, que ao orar, usam de vãs
repetições e presumem que pelo muito falar serão
ouvidos (Mt 6:7)
As orações dos santos são ouvidas
e, quando tomou o livro, os quatro seres viventes e
os vinte e quatro anciãos prostraram-se diante do
Cordeiro, tendo cada um deles uma harpa e taças de ouro
cheias de incenso, que são as orações dos santos,
Ap 5.8:
Veio outro anjo e ficou de pé junto ao altar, com
um incensário de ouro, e foi-lhe dado muito incenso para
oferecê-lo com as orações de todos os santos sobre o
altar de ouro que se acha diante do trono;
Ap 8.3:
A necessidade que temos de Deus
Deus “maravilhou-se” (espantou-se) de que não
houvesse um intercessor” (Is 59:16).
Mas como deve ser grande o espanto de Deus hoje.
Como são poucos os que, dentre nós, sabem o que
significa a oração e que oram constantemente.
Todos nós dizemos que cremos na oração, todavia,
quantos verdadeiramente crêem no poder da oração?
A causa de todo fracasso é a falta de oração.
Precisamos ser como Daniel que orava pelo menos tres
vezes ao dia.
Muita oração, muito poder; pouca oração, pouco poder.
Portanto, nenhuma outra questão é tão relevante, tão
vital para o nosso bem estar espiritual do que a oração.
• Na Bíblia temos promessas incríveis ligadas à oração
com fé (Jo 14:13-14;15:7-8;15:16; 16:23-24).
Jo 14.13-14:
E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei,
a fim de que o Pai seja glorificado no Filho. Se me
pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.
Jo 15.7-8:
Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras
permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos
será feito. Nisto é glorificado meu Pai, em que deis muito
fruto; e assim vos tornareis meus discípulos.
Jo 15.16:
Não fostes vós que me escolhestes a mim; pelo
contrário, eu vos escolhi a vós outros e vos designei para que
vades e deis fruto, e o vosso fruto permaneça; a fim de que
tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vo-lo
conceda.
Jo 16.23-24:
Naquele dia, nada me perguntareis. Em verdade, em
verdade vos digo: se pedirdes alguma coisa ao Pai, Ele vo-la
concederá em meu nome. Até agora nada tendes pedido em
meu nome; pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja
completa.
• O Senhor se agrada quando O buscamos em oração,
principalmente se o que Lhe pedimos é segundo a Sua
vontade.
Hoje Jesus está assentado no trono de Sua Majestade nas
alturas, e nos estende o cetro do seu poder. Será que
temos tocado nele e lhe falado dos nossos anseios?
Deus atende a Oração?
Sabemos que Deus atende às orações.
Mas para muitos é um caminho longo e trabalhoso, até
que compreendam essa realidade não somente na
cabeça, mas também no coração e creiam nela
65:2)
(Sl 77:2 e
Quando Deus atende?
a) Quando Ele quiser. Quando achar que é a hora certa. Se
for o melhor para nós.
b) Para que possamos, entretanto orar de modo que o
Senhor nos atenda, precisamos CRER que Ele ouve (Hb 11:6)
c) Não se trata de crer no atendimento às nossas orações,
mas que ele está presente.
d) Através de Jesus Cristo aproximamo-nos do Deus Vivo e
ficamos diante dele (Hb 10:19-23; Sl 145:18)
Depois que estivermos convictos da sua presença,
podemos subir o degrau seguinte da fé de Hebreus 11:6,
ou seja, crer que Ele “se torna galardoador dos que O
buscam”.
Então não é mais difícil crer no atendimento às nossas
orações (Jr 29:13-14; Pv 8:35).
Como Deus atende?
a) Ele atende bem além de qualquer pensamento
humano. Ele ouve nossas orações não conforme a
nossa lógica ou suposições, mas conforme o Seu saber.
Ef
3.20:
Ora, àquele que é poderoso para fazer
infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou
pensamos, conforme o seu poder que opera em nós,
b) Ele atende conforme sua maravilhosa justiça. Deus
atende considerando passado, presente e futuro, ou
seja, da perspectiva da eternidade.
Sl 65.5:
Com tremendos feitos nos respondes
em tua justiça, ó Deus, Salvador nosso,
esperança de todos os confins da terra e
dos mares longínquos;
c) Existe um mistério em nossa oração a Deus. A
Palavra nos ensina que o Espírito Santo intercede por
nós com gemidos inexprimíveis. As coisas ficam mais
claras, o Senhor ministra ao nosso coração nos dando
paz, sabedoria, entendimento do Seu reino, forças, fé,
etc.
d) Devemos orar a Deus crendo na sua justiça. E a
justiça de Deus é Jesus. Sendo assim, peça tudo em
nome de JESUS.
e) O Senhor Jesus nos insta a pedir ao Pai sem exitar,
quando nos conta a parábola do juiz iníquo ou do
vizinho que não tinha pão para oferecer a um amigo
que chegara a sua casa perto da meia noite.
Pedir ao Pai em nome de Jesus
a) Podemos também orar diretamente ao Senhor Jesus,
como fez Estevão ao ser apedrejado (At 7:59), mas o
caminho usual é que oremos ao Pai em nome de Jesus
(Jo 14:13-14; 16:23-24), porque foi assim que o Senhor
Jesus nos instruiu.
Pedir ao Pai em nome de Jesus
b) Deus é Santo, mas nós temos uma natureza carnal e
pecaminosa. Mas em nome de Jesus, que como
substituto pagou pelos nossos pecados, satisfazendo
completamente à justiça de Deus pela sua morte na
cruz, em Seu nome ele garantiu que nos ouvirá (Jo
14:13-14).
Como devemos orar?
•
•
•
•
•
•
•
Como Jesus ensinou.
Pai nosso que estás nos céus;
Santificado seja o Teu nome;
Venha a nós o Teu reino;
Seja feita a Tua vontade assim na terra como no céu;
O pão nosso de cada dia dá-nos hoje;
Pedoa as nossas dívidas, assim como nós temos
perdoado aos nossos devedores;
Continuação
• Não nos deixeis cair em tentação, mas livra-nos do mal.
• Pois Teu é o reino, o poder e a glória para sempre,
amém.
• Porque se perdoardes aos homens as suas ofensas,
também vosso Pai celeste vos perdoará, se porém, não
perdoardes aos homens as suas ofensas, tão pouco
vosso Pai vos perdoará as vossas ofensas.
Onde devemos orar?
• Onde Jesus ensinou.
• Tu porém quando orares, entra no teu quarto, e
fechada a porta, orarás a Teu Pai que está em
secreto, e Teu Pai que vê em secreto, te
recompensará ( Mt 6:6).
• Mas é somente no nosso quarto que devemos orar?
O Segredo da Adoração
Porque Deus procura adoradores? (Jo 4:23,24)
Adorar consiste em homenagear, louvar, bendizer e
honrar ao único que é digno. Este é o único objetivo da
nossa existência como filhos de Deus, que sejamos para
o louvor da glória e da graça de Deus. (Ef 1: 6,12)
Somente podem adorar o Pai em espírito e em verdade
aqueles que rejeitaram interiormente qualquer louvor a
si mesmo.
A adoração a Deus e a adoração a si próprio excluem-se
recíprocamente.
É maravilhoso que o Senhor, depois de mostrar os
pecados daquela samaritana (Jo 4:17b-18), fala-lhe
sobre a adoração à Deus (vv. 14-21).
Ele lhe mostra um grande segredo: que o domínio de
todos os seus problemas e a satisfação de todos os seus
anseios encontra-se na verdadeira adoração.
Intercessão: Arma Poderosa
A intercessão é uma poderosa arma ofensiva contra o
Reino das Trevas.
a) É certo que toda oração sincera é boa
(1o Ts 5:17),
mas a
oração como arma ofensiva é a luta do cristão que
intercede, que batalha contra o mal até ver as coisas
acontecerem (Dn 10:12).
b) Quando buscamos a Deus, ele nos ouve na hora, a
resposta vem quando perseveramos em oração (Lc 18:1-8);
c) A oração derruba as fortalezas de Satanás, a
intercessão é a força que traz os recursos de Deus para
a vitória.
Podemos interceder por muitas coisas, mas o melhor
uso da intercessão é pelas necessidades dos outros.
Principalmente as espirituais, como Moisés que sempre
intercedia pelo povo.
Conclusão
Esta é uma das promessas de Jesus na qual
podemos nos firmar:
E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei, a
fim de que o Pai seja glorificado no filho. Se me
pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.
( Jo 14:13-14)
Fim
Pr. Marco Antônio de Souza